Surpresa das surpresas! Julien-K lançam novo single!

JK_Header2013Foram-nos prometidas mais surpresas pelos lados dos Julien-K e melhor não podia ter sido a surpresa que hoje nos assolou! A banda californiana lançou hoje o single “California Noir” e deixou muitos fãs de boca aberta com tal feito. Quando ainda se pensava que a banda ainda iria levar mais algum tempo até fazer um lançamento tão consistente ou melhor ainda, a banda surpreende tudo e todos com um novo single, o suficiente por agora para saciar a “fome” por nova música dos Julien-K, banda que tem, sucessivamente demonstrado que consegue fazer música inovadora e sempre relevante para o mundo da música.

10446361_10153020835904741_8570244701417434013_n

California Noir” consiste em 3 faixas, disponíveis para download em todo o mundo no iTunes, amazon e 7DIGITAL.

A listagem de faixas é a seguinte:

  1. California Noir
  2. She’s the pretender
  3. No you can’t

Para adquirirem o single, disponível apenas em formato digital, fica aqui o link para a iTUNES Portugal – AQUI

 

 

Julien-K live at The Viper Room – review do concerto

Muitos fãs aguardavam pelo momento do início do concerto dos Julien-K e desta vez não apenas fisicamente, a banda esmerou-se e ofereceu um presente a todos os fãs que pelas mais variadas razões não puderam estar presentes em Los Angeles para apoiar a banda, mas também no site livestream. Eram 8:00 da manhã (hora de Portugal) quando a banda se apresentou no palco logo com a eléctrica música que dá título ao segundo álbum “We’re here with you”.

Com uma setlist bastante interessante com uma mistura entre algumas das músicas mais antiga pertencentes ao “Death to analog” e músicas mais recentes presentes no novo álbum da banda.

Foi um concerto bastante bom de uma banda que apesar de toda a experiência que muitos anos na estrada lhes fornece mesmo assim tiveram uns ligeiros problemas técnicos, nada que o Ryan não conseguisse abstrair os fãs com uma piada ou com a apresentação de membros do staff da banda. Frank Zummo apresentou-se na bateria da banda pela primeira vez nos EUA e desempenhou um trabalho impecável em todas as músicas. De resto a banda está de parabéns pelo seu concerto que, apesar de, para muitos fãs, ter sido bastante curto (1 hora), reuniu um grupo de músicas que são das melhores da banda (salvo algumas excepções que não marcaram presença na setlist).

Quanto ao público: pelo pouco que dava para ver pelo livestream não tivemos grande amostragem para perceber se o problema do público não dançar, abanar braços ou mesmo saltar apenas se aplicaria à primeira fila ou se o público estaria todo “mole”.

Posto isto fica aqui a setlist do concerto. Assim que vídeos do concerto sejam postos no youtube garantimos que também poremos os links aqui.

Setlist:

 

1-We’re Here With You

2-Surrounded By Cowards

3-Fail With Grace

4-Cruel Daze of Summer

5-Spiral

6-Maestro

7-Palm Springs reset

8-Colorcast

9- Nights of future past

10-Kick the bass

11-Someday Soon (Headcleanr Remix)

12-Breakfast in berlin

Nova entrevista com os Julien-K

Os Julien-K deram um entrevista à rádio The Industrial Revolution antes de entrarem no palco em Londres  no dia 11/02/12. Entre os vários temas tratados está a nova direcção que a banda tomou com o novo álbum, a entrada de Frank Zummo e saída de Elias Andra e a tour. Aqui fica a entrevista. LISTEN

“We’re here with you”: novo vídeo

Ainda no mês passado o vídeo para “Breakfast in Berlin” estreou mas a banda não perdeu tempo e já tem novo vídeo, desta vez trata-se da música que dá nome ao fabuloso álbum “We’re here with you”. Desta vez o vídeo conta com a participação do baterista Eli James que era uma das escolhas para baterista da banda devido à saída de Elias Andra.

Esta música teve a colaboração de Bryan Black dos Motor que já tinha trabalhado anteriormente com os Julien-K principalmente no remix da música “Someday Soon”.

Este vídeo foi produzido por Industrial Films tendo como director Vicente Cordero.

Vejam este fantástico vídeo e partilhem.

Uma semana em grande para os Julien-K

Álbum e reviews:

Esta semana até agora tem sido em cheio para a banda. O novo álbum “We’re here with you”, disponível no iTunes e Amazon, está oficialmente à venda desde o dia 23 de Janeiro. No seguimento desta notícia é de salientar que os Julien-K conseguiram no iTunes USA obter o segundo lugar na tabela de vendas de música electrónica, atrás da banda M83 e à frente de gigantes da electrónica como os Nine Inch Nails e Daft Punk.

Se ainda não adquiriram o novo álbum deviam, e digo isto porquê? Bem se repararem em todas as reviews feitas em relação ao álbum o mesmo encontra-se ao melhor nível, se gostaram do som mais pesado e obscuro do Death to Analog talvez podem não simpatizar muito com o som ao início mas garanto-lhes que como um todo vão adorar o álbum. Muito mais electrónico, dançável, as letras ainda são por vezes bastante obscuras e os sintetizadores dominam, e bem, esta fantástica obra prima. Como já tenho referido várias vezes a alguns membros da Systeme de Street, este álbum será muito provavelmente um dos melhores de 2012, e ainda agora começámos o ano.

Para adquirirem o álbum (digital/físico)

iTunes / Amazon

Reviews:

Aqui / Aqui

____________________________

Concertos:

Neste passado fim de semana os Julien-K actuaram na sala de espectáculos americana “The Roxy” perante uma audiência deslumbrada e entusiasmada. A banda apresentou o álbum na íntegra antes do seu lançamento. O concerto contou com a participação de um grande amigo da banda e membro principal dos Dead By Sunrise, Chester Bennington (Linkin Park). Esta foi a última participação do ex-baterista dos Julien-K, Elias Rodriguez (a.k.a Bones) com a banda. Ficam aqui alguns vídeos dessa noite.

“I’ll try not to destroy you” (feat. Chester Bennington)

“Palm Springs Reset” (feat. Chester Bennington)

______________________

Outros

Os Julien-K, mais precisamente destacados pela HP – o Ryan e o Amir – fazem parte do anúncio ao novo computador da HP, o HP ENVY 15 notebook. Fica aqui o anúncio.

 

Aqui fica o melhor da semana sobre os Julien-K. Mais notícias surgirão nos próximos dias, incluíndo uma review do blog “The Hand That Feeds” que anteriormente já tinha feito uma review do álbum “Death to Analog”. Entretanto divirtam-se e disfrutem o novo álbum (se já o adquiriram).

“Breakfast In Berlin”, o novo vídeo

Os Julien-K têm um novo vídeo para promover o single “Breakfast in Berlin” presente no novo álbum “We’re here with you”.

A banda apresenta assim o seu novo single “Breakfast in Berlin”, single esse que já se encontra a subir nas tabelas de singles alternativos na Alemanha , tendo ocupado o modesto 7º posto partilhando a tabela com bandas como os Korn, Rammstein e Nightwish, agora porém encontram-se no 13º posto, mesmo assim um feito fantástico para a banda.

Agora o vídeo promocional do single que está disponível para download gratuito no site oficial da banda chegou ao youtube.

Aqui fica o vídeo realizado por Katya Tsyganova e conta com a presença de Frank Zummo, baterista dos Street Drum Corps que de momento substitui o ausente Elias Andra. Para mais info sobre a ausência de Elias ver AQUI.

O novo álbum “We’re here with you” tem data de lançamento a nível mundial prevista para dia 23 de Janeiro. O mesmo já pode ser encomendado no amazon e no iTunes .

Dead By Sunrise de volta!

Pelo que foi apurado e confirmado pela banda isto será ao que tudo indica uma participação num evento único de beneficiência em que os Dead By Sunrise, agora sem Brandon Belsky, irão actuar. Aqui ficam alguns updates da banda no facebook oficial:

“Great DBS rehearsal last night with @ChesterBe @amirderakh @rynsk & @nofunwithoutfu round 2 today :)”

“Last nights DBS rehearsal went even better even though we spent most of the night playing with Siri on Ryan’s iPhone.
Seriously hours upon hours of entertainment! My mouth still hurts from laughing so hard! Maybe we will release a video of the shenanigans one day haha”

“Doing a DBS benefit show next weekend. After that we should have some updates on pre-ordering the new Julien-K album :)”

Nós estamos extremamente entusiasmados para saber mais sobre este evento e possivelmente ver a performance deles. Assim que tivermos mais informação iremos com certeza absoluta divulgá-la.

Desenvolvimentos sobre os Orgy

Estes são os factos, respostas de Amir e Ryan ao anúncio feito por Jay Gordon na página oficial de facebook dos Orgy sobre os novos membros que irão substituir os quatro lugares vagos na banda.

in response to Jay Gordon:

Orgy – the actual BAND Orgy – is NOT “ok” with this “new” Orgy “thing”. We think its ridiculous. Seems like an Axel Rose move to us, and we dont want to be associated with it at all. We have told Jay for 5 years that we would be happy to do the REAL Orgy – with ALL the original members, and all the original unique gear that makes Orgy such an amazing live act. NO – we are not “too busy” to do Orgy, in fact, for the 20th time at least, our agent approached us to possibly do Orgy BEFORE THE END OF THE YEAR, and Amir and I said “YES”, if its the REAL ORGY. Not a hybrid, no impersonators – JAY, PAIGE, BOBBY, RYAN, and AMIR. The real band. We have too much respect for what we all created TOGETHER to stand by and watch it turn into a COVER band that goes out and fools our fans into buying tickets thinking they are going to see the REAL band Orgy. Orgy is a BAND. Thats why its COOL. It isn’t a PERSON.

I will have a lot more to say this week, on every outlet available to me. In the meantime, we are somehow going to fit a Dead By Sunrise show into our “busy” schedules…. somehow Chester Bennington, a truly big rock star, easily works in Linkin Park and Dead By Sunrise – weaving in between JK and all the other stuff we do… its not an “either/or” situation.. we can do EVERYTHING – IF Jay actually wanted too.

Somehow.. we went around the world 4 times in the last year and a half.. and still had MONTHS and MONTHS off. Weird. If the REAL Orgy wanted to tour, we could have scheduled it. Im sick of repeating myself.

Ryan

 

Now it’s my turn to say something regarding this Orgy situation 🙂
PROVABLE FACTS
Ryan & I have both discussed recently with a booking agent representing a possible Orgy tour that we wanted to be apart of it.
We only had two Conditions:

1) To have AS MANY of the original members involved as possible.

2) That Lou Gordon not be involved.

We have always stated that we are only interested in doing a reunion under these conditions. We are all grown ups here and can do this ourselves.
Ryan & I have stated MANY times that we will MAKE TIME to do this!
I don’t understand why this is still being used an an excuse. If this is planned out properly we can do it people! Really!

Honest truth is they don’t want us to be apart of it…

I also reached out last weekend by text message to Jay to try and set up a phone call for us to talk. I got a very long message on Facebook instead. Jay asked me not to re-post any of it and I am respecting his request.
Thanks for reading this guys,
Amir

 

 

Julien-K e a mudança de estilo [PT version]

Sobre a mudança de visual e a presença de palco nos dias do DTA. Algumas pessoas questionam-se sobre o facto de algumas partes do aspecto e energia distintos dos Julien-K estarão a faltar nesta nova abordagem na tour europeia. Fonte

Obrigado ao romansoldierdude do fórum oficial dos JK por ter feito esta observação/pergunta.

Ryan Shuck responde:

“Infelizmente eu não gosto de responder sobre a placa muito, porque eu sinto que só se perde com o todo o spam, mas acho que essa pergunta / tópico vale a pena merece. Talvez a minha resposta pode ser re-publicada noutros ambientes (sites, grupos de fãs..) para que os nossos fãs “principais” que têm as mesmas perguntas possam pelo menos ter esta resposta.

Nós decidimos propositadamente minimizar a aparência da banda. Não tem nada a ver com a Level 7, dinheiro ou qualquer outra coisa. Somos capazes (financeiramente) de fazer praticamente qualquer coisa que queremos, quando queremos – mas isso não significa que devemos estar sempre preocupados com as nossas roupas/aspecto o tempo todo. Na verdade – ficámos aborrecidos com o aspecto, e muito mais focados na nossa música. Assim, como artistas profissionais (que somos), nós começámos a mudar de aspecto naturalmente – tornando-o menos formal e menos artificial. Sentimo-nos um pouco mais “casuais” – e isso nota-se no nosso aspecto. Realmente queremos que esta nova música fale por si – não queremos tentar fazer cada concerto “perfeito” com o nosso aspecto, maquilhagem, arte, luzes, etc .. Nós estamos a tocar para imensas pessoas novas todos os dias (de acordo com plano), e nós realmente queremos que eles gostem da banda porque a música os espanta/entusiasma e os faz pular e dançar … e isso é exactamente o que está a acontecer. Nós de algum modo queremos que as pessoas não saibam o que estão prestes a receber antes da primeira nota ser tocada no palco (antes, eu acho que as pessoas já tinham uma ideia de que como nos iríamos apresentar visualmente só de olharem para o nosso equipamento). Mas neste momento, eu seria bastante parvo se reavivasse o aspecto do DTA vez atrás de vez …. É hora de lentamente se transformar num novo visual e vibração – e isso vai acontecer à medida que o novo álbum se torna popular, e os nossos espectáculos cada vez maiores (o que já está a acontecer! e agradeço-lhes por isso).

Isto não significa que não damos importância à moda, ao aspecto, etc. Também não significa que não iremos trazer de volta grande produção, etc – nós absolutamente viremos com visuais novos quando for o momento certo e na situação certa, e quando nós sentirmos a mudança a chegar naturalmente. Agora estamos a dar concertos pequenos, a construir esta coisa até ao caminho que devíamos à alguns anos atrás, mas que não podíamos devido a razões legais. Agora estamos a ser humildes e a deixar que a música fale por nós.

É sempre a música em primeiro lugar.

Tenham em mente – a nossa arte será sempre sobre a reinvenção de nós mesmos … Às vezes será mais “chamativo”, às vezes menos. Mas a música será sempre o foco principal e guiará qualquer que seja o aspecto/visual que tenhamos em determinado tempo.

Vocês verão quando sair o álbum ….

R ”

Vale a pena visitar o fórum oficial de vez em quando. Embora tenha bastante spam, o que infelizmente está a “matar” o fórum e a actividade nele, alguns tópicos como este valem sempre uma busca entre o mar de spam.

Julien-K Style changes [eng version]

About the guys change of looks on stage and their stage presence back in the DTA days.  Some people wonder if some parts of their distinctive look and energy live are missing in this new approach on the Euro tour. Source

Thanks to romansoldierdude from the JK Forum for making this observation and question.

 

Ryan Shuck answers:

“Unfortunately I don’t like to answer on the board much because I feel it just gets lost with all the spam, but I think this question/thread is worth giving it a try here. Maybe my answer can be reposted in other environments so our core fans that have the same questions can at least have this one answered.

We purposely decided to downplay the look of the band. Has nothing to do with money, Level 7, or anything. We are capable (financially) of doing pretty much anything we want when we want – but that doesn’t mean we SHOULD go balls to wall with our outfits all the time. In fact – we were getting bored with the look, and much more focused on our music. so, as professional artists (which we are), we sort of naturally started changing it up a bit – making it less formal and less contrived. We’re feeling a little bit more street these days – so it shows in our look. we really wanted this new music to speak for itself – we didn’t want to try to make every show “perfect” with our look, make up, gear, lights, etc… We are playing for a TON of new people every day (according to plan), and we really want them to like the band because the music blows them away and makes them jump and dance… and that’s exactly what’s been happening. we sort of WANT people to not know what they’re getting before the first note is played onstage (before, I think people sort got an idea of what we were about just by looking at our gear – and that was by design). but at this point, i would feel pretty silly rehashing that same DTA look over and over…. it’s time to slowly morph into a new look and vibe – and that will happen as the new record becomes popular, and our shows get bigger and bigger (which is already happening – and thank you guys for that!!).

That does NOT mean we are not into fashion, a look, etc. we totally are. It also doesn’t mean that we won’t bring back big production, etc. – we absolutely will come up with NEW looks and NEW production when it is the right time and right situation, and when we naturally feel the change coming. Right now we’re playing small shows, building this thing up the way we should of years ago, but couldn’t due to legal reasons. Right now we are being humble and letting our music speak.

It’s always about the music FIRST.

Keep in mind – our art will always be about remaking ourselves… Sometimes it will be more flashy, sometimes less. But the music will always be the main focus and drive whatever look we have at whatever given time.

You’ll see when the new record hits….

R”

It’s worth visit the official forum once in a while. Although it has a lot of spam out there that sadly is killing the forum and the activity in it, some threads such as this once are worth the search between that sea of spam.